Euphoria - Board Game em Português

Euphoria - Board Game em Português
Euphoria - Board Game em Português Euphoria - Board Game em Português
Fabricante: Fire on Board
Modelo: BG / Fire on Board
Disponibilidade: 17
Preço: R$ 325,00 R$ 199,00
Qtd:  
   - OU -   

Detalhes

Após o grande apocalipse, alguns poucos sobreviventes se uniram e construíram Euphoria, a cidade de muros dourados. Com o regime autoritário e a propaganda de um sacrifício para o bem maior, a cidade prosperou e alcançou diversas comodidades, como eletricidade e até mesmo a produção de ouro! Tudo parece funcionar e cada pessoa é feliz, cumprindo o seu papel e seguindo as hierárquicas ordens.

Mas ao que todos acham que é uma bela utopia, revelou-se uma distopia.

As pessoas estão a tanto tempo sendo controladas que não sabem mais dizer o que é a verdadeira felicidade ou liberdade.

Fora dos muros dourados da cidade, outras três facções seguem sua luta pela sobrevivência:

  • Os Wasterlanders - aqueles que enfrentaram a destruição apocalíptica em primeira mão. Eles são um povo de arqueólogos, historiadores e agricultores. Suas técnicas de plantio permitem que suas fazendas gerem frutos em solos pobres e precários que também são utilizados para extrair argila – um material de menor valor que ouro, mas que atende às necessidades de construção.
  • Os Subterráqueos - mineradores e espiões acostumados com a escuridão dos subterrâneos que os abrigam. A facção dos Subeterráqueos canaliza as águas subterrâneas e os minérios ao seu redor. Seus espiões facilmente se infiltram em diversos lugares usando as redes de túneis ao seu dispor.
  • Os Icarianos – o povo dos dirigíveis. Os Icarianos são mercadores científicos que aprenderam como extrair uma substância conhecida como Êxtase das nuvens tóxicas. Eles utilizam-se dessa droga como meio de troca em seu comercio aéreo para sobreviverem.

 

Sua parte na revolução

Você possui um cargo de gerente em Euphoria e descobriu que alguma coisa estava errada. A utopia que todos clamam não existe! Em vez de fugir, você decide que esta é a oportunidade perfeita para tomar as rédeas da situação. Usando os funcionários sob o seu controle, você os envia através das localidades das facções para executar suas ações.

Mas os funcionários não podem perceber que estão sendo manipulados: caso tenham conhecimento demais, podem acabar descobrindo a verdade e, assim, abandonarem seus postos. Mantenha-os ignorantes e motivados e eles irão segui-lo até o fim.

Além disso, você já tem contato com dois agentes das facções. Um já se mostra leal, enquanto que o outro precisa ser convencido de que suas ações irão trazer benefícios para a facção da qual este pertence. Além de garantir bônus de acordo com a prosperidade de cada facção, estes agentes garantem habilidades únicas as suas jogadas.

Armado com sua Inteligência e alguns poucos recrutas, você deve se tornar um líder! Espalhe sua autoridade no território das facções, antes que seus oponentes o façam.

Para realizar essa façanha: construa estruturas, reforce suas alianças, utilize-se do comércio de artefatos das antigas civilizações e demostre suas escolhas para seus subordinados... Aquele que conseguir propagar toda sua autoridade irá assumir o controle da distopia, vencer o jogo e decidir seu futuro.

 

Um mundo distópico

A temática está fortemente presente no jogo e em todas as suas inúmeras ilustrações. Você verá que as pessoas são controladas e manipuladas, ou notará estranhas construções que são normais neste mundo como: a Loja de Desmanche de Ursinhos de Pelúcia, o Registro de Segredos Pessoais ou a Academia de Igualdade Obrigatória. O governo autoritário exerce firme controle sobre a população e fará de tudo para manter-se assim. Inclusive aceitar ceder parte de seus direitos da região pela posse de artefatos da antiga vida na terra, raros nesta Distopia, como livros, itens de diversão e esportes, e até mesmo antigos board games. O jogador deve utilizar-se dessa barganha e garantir sua autoridade.

É evidente durante o jogo que as facções estão tentando se “infiltrar” nos territórios de seus vizinhos para ter acesso a recursos que não conseguem produzir. Eles fazem isso através de túneis escavados entre as facções: Os Euphorianos embora detenham o ouro e a eletricidade, ainda precisa da reserva de água de Subterra, que por sua vez necessita da comida produzida em Wasterland, que tenta roubar a energia de Euphoria.

Utilize-se desse fato e auxilie uma ou mais facções para garantir sua cooperação e a fidelidade de seu agente. Ou ainda melhor, deixe que seus oponentes façam isso por você e fique apenas com os lucros!

As construções devem receber um grande destaque, pois podem ser construídas por todos os jogadores que colaborarem com os materiais necessários. Se um jogador ajudou na construção, ele pode usá-la como marco de sua autoridade e assim acelerar o seu caminho para a vitória. Mas se um jogador não participou de sua construção, ele sofre uma penalidade alarmante até o final da partida!

Ainda, cada jogador recebe uma carta de escolha ética, que propõe uma simples escolha: Dar continuidade ao regime totalitário (e ganhar autoridade neste mundo), ou trilhar o outro caminho (e conseguir a lealdade de mais pessoas). A escolha não apenas revela a personalidade de cada pessoa, mas influência sua estratégia a partir daí.


Cenário Euphoria

Um belo mundo errado.

Apesar da temática, o jogo possui ótimas cores e um belo apelo visual. Todos os componentes carregam uma bela qualidade nos detalhes e as ilustrações são um show à parte, bem presentes na climatização que o tema propõe.

Nesse Dice Placement, os seus trabalhadores são dados que mostram o conhecimento acumulado de cada um deles. Eles são posicionados em diversas áreas do tabuleiro e realizam as ações baseando-se em sua inteligência (um trabalhador mais esperto consegue melhores resultados, mas é mais perigoso de lidar).

Os turnos são rápidos e o jogo flui muito bem depois que as pessoas começam a recolher recursos e matérias-primas. Os jogadores ainda podem trocar seus itens com os outros jogadores a qualquer momento, o que faz a partida ser mais interativa do que muitos esperam de um jogo com essa temática.

A curva de aprendizado é bem suave e qualquer pessoa pode aprender a jogar facilmente, embora se assuste à primeira vista por o tabuleiro ser grande e com muitas opções. Logo se percebe que a imagem por trás de cada opção retrata bem as ações que serão realizadas. O jogo tem uma dependência bem pequena de idioma (com exceção das habilidades dos agentes), o que não irá atrapalhar os novos jogadores.

Tome esse mundo para si e decida libertar ou governar.

 

Você gostará desse jogo se:

  • Gostou da mecânica de Worker Placement ou Dice Placement.
  • Variados componentes com qualidade e cores;
  • Você não gosta de regras complexas;
  • Gosta de jogos coloridos que esconde um cenário politicamente sombrio em sua história;
  • Há pouca sorte ou quase nenhuma. A estratégia é essencial.

 

PRÊMIOS E NOMEAÇÕES:

  • 2013 Golden Geek Best Board Game Artwork/Presentation Nominee
  • 2013 Golden Geek Best Innovative Board Game Nominee
  • 2014 Mensa Select Winner

 

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Criado com OpenCart
Loja do Nerd © 2017